Publicidade

Quando pensamos em vender uma propriedade, a primeira coisa que pensamos é sobre como valorizar o imóvel antes de colocá-lo à venda, não é mesmo? Afinal, quem é que não quer fazer um bom negócio nesse momento?

Deixá-lo impecável para conseguir prováveis compradores é o maior objetivo. O bom de tudo isso é que é possível, sim, agregar valor ao imóvel com algumas atitudes e pequenos investimentos.

De fato, determinadas mudanças podem contribuir para tornar uma casa ou apartamento muito mais valorizado no mercado imobiliário. Continue com a leitura e confira algumas de nossas dicas!

Avalie o piso e o troque se necessário

Um piso com uma boa aparência valoriza muito um imóvel e tem o poder de encantar — ou afastar — um provável comprador. Por isso, é essencial que você avalie a necessidade de uma troca antes de colocá-lo à venda.

Em alguns casos, o revestimento pode necessitar apenas de pequenos reparos, que podem deixá-lo com um aspecto de novo. No entanto, existem situações em que o desgaste é tão grande, que a única alternativa é a substituição do piso.

Quando a troca for necessária, o tipo de piso mais recomendado por especialistas — já que é o que mais agrada a maioria dos consumidores — é o de madeira, que possui suas versões alternativas com preços mais acessíveis. Uma delas é o piso laminado (conhecido por carpete de madeira) e a outra seria o piso vinílico de madeira, que tem as vantagens de não escorregar e de ser silencioso.

Cuide da pintura 

Paredes pintadas e conservadas valorizam qualquer imóvel no momento da venda. Se coloque sempre no lugar do comprador, você investiria em um imóvel com uma aparência desgastada? A primeira impressão é muito importante e se o ambiente não agradar, certamente, haverá desinteresse.

A sugestão é pintar todos os espaços da casa antes de colocar sua propriedade à venda. Aposte no básico das cores neutras, pois a possibilidade de agradar é bem maior. Mas, atenção, nada de pintar todos os espaços de branco, invista em tons nude ou bege, que são cores que lembram aconchego.

Revise instalações elétricas e hidráulicas

Antes de colocar um imóvel à venda, um cuidado muito importante a ser tomado é a revisão de encanamentos e fiação elétrica — essa inspeção deve ser realizada anualmente. Nada mais desagradável para um comprador do que descobrir problemas desse tipo, que requerem obras longas e dispendiosas.

Mantenha o imóvel conservado

Manter a conservação de um imóvel é bem mais simples do que fazer reparos, mas, acredite, é tão importante quando alguns consertos. Visitar uma residência bem preservada e limpa pode impressionar muito o interessado.

Por isso, evite instalações elétricas com fios soltos e aparentes; mantenha seus móveis em ótimo estado de conservação; conserve a limpeza da casa ou apartamento, mesmo que você não esteja morando nela. Estes e outros detalhes podem interferir na escolha do comprador.

Abuse da iluminação

Para valorizar o imóvel, é essencial o cuidado com a iluminação dos ambientes. Acertar na iluminação valoriza muito os espaços da casa. Em quartos e salas de estar, o recomendável é utilizar luminárias do tipo plafon que, além de darem uma sensação de aconchego, criam menos sombra e, ainda, são mais agradáveis aos olhos.

Cozinhas e lavanderias pedem lâmpadas fluorescentes, que garantem uma iluminação mais clara e nítida.

Na verdade, não há necessidade de grandes investimentos ao iluminar a casa. Mais importante que isso, é saber dispor os pontos de luz de forma que todos os espaços fiquem valorizados e pareçam agradáveis.

Publicidade

Lembre-se do banheiro

O banheiro é um espaço da casa cada vez mais valorizado e, por isso, não deve ser esquecido quando preparamos a residência para a venda. Uma boa bancada, com armários espaçosos não pode faltar.

Outro item que valoriza muito esse ambiente é o box de vidro temperado, visto que conta com uma resistência muito maior do que a de vidros comuns.  Um banheiro bem cuidado é um ótimo chamariz para atrair compradores para imóveis à venda.

Não descuide da fachada

De nada adianta você caprichar no interior da residência, se do lado de fora a fachada estiver em má conservação. Lembre-se: a primeira impressão é a que fica. Por isso, para valorizar o imóvel, comece surpreendendo pela parte externa da casa. Cuide da pintura, revestimentos e jardim — detalhes que agregam valor ao imóvel.

Em caso de condomínio, busque participar sempre das assembleias, pois é lá que decidem sobre a manutenção dessas áreas. É interesse de todos que esses locais se mantenham preservados e valorizados.

Verifique as condições de segurança

É imprescindível que os aspectos de segurança estejam em boas vias. Por isso, é importante uma manutenção sistemática dos itens dessa ordem, como câmeras e sensores de alarme.

No caso de apartamentos, outros fatores devem ser verificados com frequência, são eles: o sistema de segurança contra incêndio, o funcionamento dos elevadores, as sinalizações e o para-raios —  pois certamente quem comprar o apartamento verificará se as exigências de segurança são devidamente cumpridas.

Fique atento à conservação de áreas comuns

Proprietários de apartamentos devem ficar atentos à conservação das áreas comuns do condomínio. Quem se interessa por determinado apartamento quer conhecer as áreas de lazer a que terá direito, como piscina, sauna, parquinho para crianças e o que mais ele oferecer.

Sendo assim, se inteire sobre reformas e melhorias no condomínio no qual reside, pois na hora de vender ele terá que estar em bom estado.

Invista em uma decoração que realce os ambientes

Mesmo que você não vá ficar por muito tempo no imóvel, invista em uma decoração equilibrada e de bom gosto. Caprichar nesse quesito impressiona quem quer que esteja interessado, pois sugere possibilidades de décor.

Se o imóvel for pequeno, apostar em espelhos é uma boa dica, pois dão a sensação de amplitude, além de um ar de sofisticação. Essa dica se estende a quartos, onde poderão ser colocados em uma parede inteira, e no banheiro — onde o melhor local a serem aplicados é sobre a bancada, na parede toda.

No entanto, atente-se para manter os ambientes da casa com neutralidade, livre de preferências e crenças, visto que os interessados podem não compartilhar de seus gostos e isso lhes causar uma má impressão.

Mostre o imóvel no momento que tiver poucas pessoas em casa

Com poucas pessoas em casa, o comprador se sente mais à vontade para avaliar os detalhes do imóvel. Sendo assim, procure marcar um horário no qual a casa esteja vazia e, assim, deixá-lo mais livre para obter suas impressões.

E você, o que achou de nossas dicas sobre como valorizar o imóvel antes de colocá-lo à venda? Para obter outras informações sobre o mercado imobiliário baixe, agora mesmo o e-book “Guia definitivo de como investir em imóveis”!

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This