Publicidade

O sonho da casa própria pode se tornar realidade com a ajuda do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Esse benefício que todo o trabalhador contratado com carteira assinada tem direito oferece muitas funcionalidades, e a mais conhecida é o auxilio na compra de imóveis.

Se você está em busca de um lar, confira como usar o FGTS no pagamento de imóvel. Segundo a Caixa Econômica Federal, há três possibilidades de uso do fundo na compra da casa própria.

Possibilidades de uso

Pagamento de parte do valor das prestações

Com o FGTS, é possível reduzir em até 80% as prestações no período de até 12 meses consecutivos. Mas essa redução só pode ser feita se o seu contrato de financiamento utilizar o Sistema Financeiro Habitação (SFH).

Amortização ou liquidação do saldo devedor

Outro benefício que só é concedido para quem utilizou o SFH é o uso do fundo para quitar completamente a dívida ou pagar parte do saldo devedor. Assim, você diminui o montante a pagar.

Compra e construção

O fundo também pode ser usado como parte do pagamento ou de forma integral tanto para comprar como para construir a própria casa.

Regras para uso do FGTS no pagamento de imóvel

Para usar o saldo na compra da sua casa, há condições que devem ser seguidas, como ter a carteira de trabalho assinada há, pelo menos, três anos, ainda que esse período não seja consecutivo ou na mesma empresa. E é preciso estar com as prestações em dia na data de solicitação do FGTS e ser titular ou coobrigado no financiamento.

O comprador não pode ter outra propriedade na cidade ou municípios vizinhos nem possuir outro financiamento pelo SFH em qualquer parte do país.

Publicidade

Em relação ao imóvel, o valor da avaliação é limitado a R$ 950 mil para os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais nem Distrito Federal, ou R$ 800 mil para as demais localidades.

Além disso, o fundo não é liberado para comprar imóvel comercial, reformar e ampliar a casa própria ou comprar material de construção, nem para adquirir terrenos sem construção ao mesmo tempo. No caso da construção, o dinheiro deverá ser usado, por exemplo, para a contratação de mão de obra.

Para aquisição de terreno e construção em andamento, não é permitido que já tenha usado o FGTS em período inferior a 3 anos de diferença. A Caixa também não permite o uso do fundo para adquirir uma residência em nome de familiares, dependentes ou qualquer outra pessoa.

Documentação necessária

Para usar o saldo, você deve apresentar extrato do FGTS ou a carteira de trabalho em uma agência da Caixa, juntamente com documento de identidade, a última declaração de Imposto de Renda e a certidão atualizada do imóvel que pretende comprar.

Caso seja autorizada a utilização do FGTS no pagamento de imóvel, o valor é liberado em um período médio de cinco dias. Lembre-se de que, no caso de financiamentos, é preciso pagar as taxas previstas para a contratação e, para compras à vista, existe a Taxa de Intermediação do FGTS para aquisição de moradia, que segue a tabela de tarifas da Caixa.

Agora que você já sabe o que é preciso para usar o fundo na compra da casa própria, basta consultar o saldo no site da Caixa e reunir a documentação.

Quer saber mais sobre os processos imobiliários? Baixe grátis o e-book Guia prático: aprenda como comprar e alugar imóvel com tranquilidade e segurança!

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This