Publicidade

As tendências sempre estão indo e vindo são um constante processo de reciclagem e renovação. Afinal elas são novas combinações de elementos que já existem e muitas vezes já foram utilizados em distintas épocas. Essas junções resultam novos estímulos e arranjos. Elas não são propriamente para serem seguidas à risca, apenas devem nos servir como referências e inspirações para inovarmos o visual em nosso entorno de acordo com nossas identificações e bem estar. Isso inclui do nosso vestuário aos nossos cenários cotidianos, nossa casa, nosso jardim, nosso trabalho.

Inspire-se com as origens e previsões de tendências para 2018.

Tendências – Como começaram a surgir 

Nishimura e Gontijo mencionam em sua pesquisa “Vestuário sustentável” (pg 111, 112), sobre essa potencialização do poder de criar/influenciar estilos, que surgiu com a moda, que acontece a partir da Revolução Industrial, em que os processos produtivos são aperfeiçoados e a massificação dos produtos se torna possível. Contudo, na hipermodernidade, em que o mundo está interconectado pelas novas tecnologias que aceleram o processo de troca de informações, a moda ganha uma dimensão global.

Acrescentar e customizar novas essências em nossas composições traz uma nova perspectiva de beleza e decoração.

Tendências – Previsões para 2018

De acordo com alguns sites influentes, entre eles o Casa Vogue, as tendências para o décor em 2018 trazem algumas adaptações ao contexto dinâmico e cotidiano atual.

O vintage permanece sendo um clássico que segue se repaginando e mantém seu lugar no segmento de moda e decor. Entre as apostas para 2018, o retorno do rosa vintage será evidente assim como o veludo já em alta no nosso vestuário, acessórios e roupas.  

 

 

 

 

 

 

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Fonte: https://br.pinterest.com/explore/cadeira-vitoriana/?lp=true

A arquitetura e as mobílias destacam as formas arredondadas embalando o movimento das composições. Nos materiais e estruturas, a funcionalidade ganha espaço sintonizada aos demais elementos.

 

 

 

 

 

 

 

 

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/235735361725059748/

Ornamentos com efeitos coloridos como holográficos e furta cor.

A amplitude dessas tendências abre uma gama de opções para ousar nas criações e experimentar em casa.

 

 

 

 

 A sustentabilidade permanece sendo uma tendência em processo de crescimento e aderência.

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Luminárias feitas de material reciclado. Fonte: https://br.pinterest.com/pin/213006257356432164/

A pesquisa “Vestuário sustentável” de Nishimura e Gontijo (pg 116) aborda a questão das influências e tendências da moda, dizendo que a construção de uma moda ética, do slow fashion ou de movimentos com base na reciclagem, caminha para a moda sustentável. Nessa trajetória, outras opções surgem como solução apesar de incertos quanto à sua aderência ao sistema de moda.

Publicidade

 

 

 

 

 

 

 

 

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Estilo psychotropical. Fonte: https://br.pinterest.com/pin/466474473894848824/

Já a WGSN (2016, pg 116) aposta em quatro tendências mais peculiares e carismáticas para 2018, slow futures, kinship, psychotropical e youth tonic.

 

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Estilo youth tonic. Fonte: https://i.pinimg.com/564x/4f/bf/ee/4fbfee33d06e16421a54de47b1ae9ccb.jpg

tendências
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Estilo slow futures. Fonte: https://br.pinterest.com/pin/394627986084923154/

A tendência slow futures prega redução de excesso, criando um minimalismo rústico, por intermédio do design e da tecnologia; a kinship defende que a conectividade, tanto no meio real quanto virtual, propiciará maior senso de comunidade; a psychotropical aponta para o crescimento da realidade virtual; e, por fim, a youth tonic defende a ideia de que a cultura jovem irá influenciar o mercado com individualidade e criatividade (WGSN, 2016).

 

Quanto mais inovadoras e diversificadas são as fontes desses elementos, mais inusitados e encantadores podem vir a ser os resultados. Buscar novas origens étnicas gera tendências que agregam propostas de valor únicas e marcantes.

Tendências essas que podem ser aplicadas em todo o nosso entorno decorativo de moda, arquitetura e decor de casa.

A conscientização e preferência do consumidor por materiais e métodos para mão de obra de estrutura e decoração sustentáveis ao meio ambiente e às necessidades práticas para o cotidiano é crescente. A criatividade permanece ilimitada para aqueles que ousam originar novas essências.

 

Juliana Parreiras

Marketing – Rede Silvinho Ximenes®

 

Visite nossa loja virtual

Acesse o nosso site Rede Silvinho Ximenes®

 

 

Referências:

Disponível em: http://casavogue.globo.com/Design/Feiras/noticia/2017/09/8-tendencias-de-decoracao-que-estarao-na-sua-casa-em-2018.html

Disponível em : file:///C:/Users/corretores/Downloads/31818-93772-1-PB.pdf

 

 

 

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This