Publicidade

Ser corretor de imóveis, em uma época de forte especulação imobiliária, tem sido convidativo a muitas pessoas para entrar no ramo.

Não é tão simples quanto anunciar um sofá usado, mas em boas condições, na internet e esperar que entrem em contato. As obrigações são muito maiores e exigem bastante do profissional.

Claro, se você tiver o que é necessário, pode se dar muito bem nesse mercado. E para  ajudar a tirar essa dúvida sobre o que é necessário, trouxemos aqui alguns pontos importantes para saber antes de pular nessa carreira. Acompanhe:

Corretor de imóveis – Qual é o seu papel ?

Como em qualquer carreira, você terá que cumprir algumas tarefas necessárias durante a transação do imóvel. Dentre as suas obrigações como corretor de imóveis, será preciso:

  • avaliar os documentos do imóvel que será vendido/comprado;
  • apurar os detalhes da transação, incluindo dívidas, impostos, financiamento, possíveis processos contra o vendedor etc.;
  • ser responsabilizado por qualquer coisa que prejudique o comprador diretamente.

Fora isso, você deve se informar regularmente sobre o mercado imobiliário, negociar com novos compradores e vendedores, elaborar contratos para o seu serviço, agendar visitas etc.

O que é necessário para seguir a carreira de corretor de imóveis?

É um trabalho exigente, especialmente com relação ao tempo e habilidades interpessoais. Sem uma boa comunicação e paciência, você não conseguirá fechar nenhuma negociação. Ser claro e objetivo em seus contratos pode garantir muito mais vendas do que aparenta.

De forma mais básica, é necessário ser altamente proativo. As informações desse mercado se atualizam constantemente, o que exige que você sempre busque novas fontes de informações, potenciais clientes e especulações.

Como funciona o recebimento?

Da mesma forma que em uma loja, um corretor ganha comissão sobre as suas vendas. Quanto mais contratos ele fecha, maior será o seu pagamento.

Muitos corretores têm dificuldade de ser pagos pelo próprio trabalho. A corretagem é cobrada no preço do imóvel, mas o valor de comissão não pode ser adicionado diretamente ao preço.

E não faltam clientes que tentam driblar esse custo. Para evitar esse problema na sua carreira de corretor de imóveis, você deve redigir e assinar um contrato específico para o pagamento da sua comissão. Ele deve incluir os dados das partes envolvidas, os valores e, claro, as consequências previstas pela quebra do contrato.

Publicidade

Qual modalidade é mais adequada para você?

Existem duas formas de atuar como corretor de imóveis dentro do mercado: como autônomo ou vinculado a uma imobiliária. Cada uma possui suas vantagens e desvantagens. E é sempre bom saber aonde você pretende entrar antes de se comprometer.

As principais vantagens de ser autônomo são:

  • liberdade de horário;
  • autonomia total na sua atuação;
  • retenção total da sua comissão.

As principais vantagens de se juntar a uma imobiliária são:

  • ter apoio quando necessário;
  • piso salarial garantido todo mês;
  • maior contato com fontes confiáveis de informação.

Cabe a você decidir quais vantagens atraem mais.

Agora que entende melhor como funciona a carreira de corretor de imóveis, pode saber se tem o que é necessário para entrar nesse ramo. E se você quer se aprofundar mesmo, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

 

Visite nossa loja virtual

Acesse o nosso site Rede Silvinho Ximenes

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This