Publicidade

O mercado imobiliário oferece várias alternativas para quem está interessado em investir no setor e cada uma delas tem algumas características marcantes. Embora muitas pessoas confundam as opções, conhecer os diferentes tipos de imóveis e as diferenças entre eles é essencial.

Na hora de tomar uma decisão, alguns detalhes podem determinar a diferença entre fazer uma escolha mais adequada para o seu próprio perfil e o da sua família, por exemplo. Confira o conteúdo a seguir e descubra o que cada uma dessas propriedades pode oferecer!

1. Apartamento

O apartamento padrão é o tipo de imóvel mais comum nos dias de hoje, especialmente nos grandes centros urbanos. Ele se caracteriza por possuir uma planta com divisões internas bastante definidas, embora haja uma valorização crescente pela criação de um conceito amplo.

Em geral, possui sala de estar, sala de jantar, cozinha, quartos, banheiros e área de serviço separados. Usualmente, no mercado imobiliário, é classificado pelo seu número de dormitórios.

2. Kitnets

As kitnets são outro tipo de propriedade bastante comum nas grandes cidades e podem ser uma boa opção de investimento pela sua grande liquidez, especialmente quando estão bem localizadas.

São unidades bastante diminutas, com uma metragem total que costuma ficar entre 20 e 40 m². A principal característica é possuir apenas um cômodo que faz as vezes de quarto e cozinha, além do banheiro.

3. Loft

Os lofts apareceram nos EUA entre os anos 60 e 70 e estão entre os tipos de imóveis mais buscado entre jovens casais ou pessoas que procuram por um estilo de vida moderno e descolado.

Publicidade

Eles foram criados a partir de antigos galpões industriais, que foram reformados para uso residencial. O seu conceito se baseia em uma unidade ampla e sem divisórias, com um pé direito alto e janelas, além de mezaninos.

4. Cobertura

A cobertura nada mais é do que o apartamento que fica no último andar do prédio e, em geral, tem espaços destinados para uso como área de lazer, como churrasqueiras, piscinas e ambientes livres.

Definitivamente, está entre os tipos de imóveis mais valorizados no mercado, pois possui características interessantes como metragem maior e ausência de vizinhos em cima e dos lados.

5. Duplex

O duplex nada mais é do que um apartamento que tem dois andares. Geralmente isso ocorre em coberturas, mas não é incomum que haja esse padrão nas unidades normais. No caso de três andares, ele passa a ser chamados de triplex.

6. Áreas privativas

As áreas privativas, também chamadas de Giardinos ou Garden, são apartamentos que ficam no andar térreo dos prédios e, como diferencial, possuem um espaço livre utilizado como jardim ou quintal. Unidades desse tipo com um projeto de padrão mais alto incluem churrasqueira, piscinas e área gourmet.

7. Casa geminada

As casas geminadas se tornaram bastante comuns no Brasil há alguns anos, especialmente por conta da sua vantagem financeira em razão do uso comum das estruturas para a edificação de duas ou mais unidades. Em linhas gerais, esses imóveis dividem o mesmo telhado ou paredes, por exemplo.

Esses são os tipos de imóveis que você não pode deixar de conhecer. Gostou do conteúdo? Se interessou por algum deles? Então conte para nós nos comentários!

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This