Publicidade

O passar do tempo e os desgastes causados pelo próprio uso podem acabar danificando as instalações e a estrutura de sua casa ou apartamento. Mas isso pode ser amenizado, e até evitado, se você tomar os devidos cuidados.

É sabido que o estado de conservação de um imóvel influencia bastante no valor de compra e venda, na beleza e também no conforto dos moradores. E quanto mais o tempo passa sem que se dê a devida atenção, maior o estrago.

Para que a ação do tempo, fatores naturais e o uso diário não tragam dores de cabeça, saiba como manter seu imóvel conservado.

1. Atente-se à limpeza

Limpar a cozinha, lavar o banheiro e tirar a poeira são partes importantes da manutenção da casa. Mas estamos falando de uma limpeza mais “pesada”, como retirar a sujeira de calhas, esvaziar caixas de gordura, limpar a caixa d’água e os canos. É o tipo de faxina que quanto mais se adia, pior fica.

Invista tempo ou contrate um profissional para realizar os serviços. O acúmulo de folhas ou outros materiais podem entupir as calhas e causar infiltrações. As caixas de gorduras cheias e canos entupidos prejudicam a eliminação de resíduos e deixam um cheiro bem desagradável no ambiente. Portanto, fique em dia com a limpeza.

2. Não descuide da rede elétrica

Parte importante da estrutura da construção, a rede elétrica precisa de cuidados específicos para funcionar bem e não oferecer riscos aos equipamentos eletrônicos e principalmente aos moradores.

O recomendado é que, em média, a cada três anos seja feita uma revisão e a chamada manutenção preventiva por um profissional da área. É muito importante que qualquer alteração ou reparo na rede elétrica seja realizado por profissional capacitado, em função dos riscos que oferece.

Verifique fios, disjuntores, instalações e observe se há cheiro de queimado, se as tomadas estão muito aquecidas e se há aparelhos estragando com facilidade. Tudo isso pode ser sinal de algum problema. Ah, e jamais confie em gambiarras. É o famoso barato que pode sair caro.

3. Atenção à rede hidráulica da residência

Assim como o sistema elétrico, a manutenção adequada da rede hidráulica é essencial para manter o imóvel conservado. É no sistema hidráulico que mais ocorrem problemas que podem gerar estragos e prejuízos.

Vazamentos, torneiras estragadas, registros danificados e rede de descargas funcionando mal são as causas mais comuns de problemas nessa área. E o pior é que, com o tempo, surgem as infiltrações e os demais danos.

Invista na manutenção de encanamentos, evite entupimentos e, quando notar algum problema, que seja uma torneira pingando, providencie o conserto o quanto antes.

4. Cuide também de acabamentos, pisos e pinturas

Além de fazer parte da estrutura do imóvel, esses elementos exercem um importante papel na estética da residência. Uma parede manchada ou toda descascada, rejuntes encardidos e pisos lascados e mal cuidados deixam um aspecto ruim e passam a ideia de desleixo. É preciso dar atenção também a esses itens.

Publicidade

Pintura

O primeiro impacto visual de uma casa é a pintura. O ideal é que se renove a pintura das paredes a cada três anos e dos tetos de ambientes úmidos de seis em seis meses. E por falar em locais úmidos, recomenda-se que em vez de uma pintura comum, opte-se pelas texturas. Elas são mais resistentes à umidade e duram mais.

Feito isso, como manter as paredes limpas? De um modo geral, água e sabão são suficientes. Produtos com álcool e outros detergentes podem comprometer a cor e manchar o lugar. É bom você verificar o tipo de tinta usado, para evitar danos na hora da limpeza.

Acabamentos

Eles também têm destaque no visual da casa. Rejuntes sujos ou lascados além de atrapalharem a beleza do ambiente, são portas de entrada para infiltrações e insetos. Pode acreditar, é um detalhe que vai poupar muita mão de obra. Para a limpeza, água, sabão e uma escova de cerdas macias.

Pisos

Seja de madeira, cerâmica, granito ou outro material, o piso também precisa de cuidados específicos. Além de chamar muita atenção no ambiente e contribuir na avaliação de um imóvel, dependendo do estrago, pode comprometer até a segurança dos moradores.

Use materiais e métodos de limpeza adequados para o tipo de piso que você tem em sua residência. Evite ao máximo arrastar móveis para não arranhar o chão (uma dica esperta é colocar feltro na base dos móveis, assim reduz o atrito com a superfície). E se você já fez de tudo e o piso não “agradece”, considere trocá-lo.

5. Separe um tempo para áreas externas e jardins

Se você tem um quintal, varanda, terraço ou jardim, já percebeu que esses espaços carecem de limpeza e manutenção como os demais itens da casa, não é mesmo? Não faça desses ambientes um depósito de tralhas. Isso também inclui a garagem. Se falta espaço para guardar tudo do lado de dentro da casa, invista em armários e prateleiras. Mas mantenha tudo sempre organizado.

Em relação a plantas e jardim, para mantê-los sempre vistosos e saudáveis, de tempos em tempos realize podas, adubação e replantio. As plantas deixam o ambiente mais agradável e bonito, mas sempre tenha atenção aos cuidados que demandam.

6. Lembre-se do telhado

Como as demais partes da residência, o telhado também pode causar problemas se não for devidamente conservado. Se você mora em apartamento, essa tarefa fica a cargo do condomínio, mas se você mora em casa, fique de olho. Verifique se há telhas quebradas, se a estrutura ainda está firme e se é preciso trocar algum material.

Recomenda-se que uma vez por ano você dê uma atenção especial ao telhado. Com esse elemento em dia, problemas como infiltração e goteiras são evitados. Se for identificada a necessidade de reconstrução ou reforma, prefira os meses em que não chove.

Viu como manter seu imóvel conservado não é um bicho de sete cabeças? Mesmo precisando de alguns cuidados, você e sua família podem desfrutar de toda a estrutura e o conforto da casa sem danificá-la e mantendo sempre o valor da propriedade. Se você gostou das nossas dicas, compartilhe com seus amigos em suas redes sociais!

 

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This