Publicidade

            Tantas coisas na cabeça, e o pensamento de perder uma oportunidade de negócio não é um assunto que se encontra em questão. O corretor normalmente trata de fazer de tudo para que o fechamento acontecer.

Mas a pergunta que não cala é… “Como um corretor deve comportar-se diante de um fechamento de negócio?”

            Primeiramente, o corretor precisa analisar seu comportamento diante do cliente, assim como também, observar o comportamento dele. Assim, a sensibilidade das reações, além de fazer muita diferença, ainda pode determinar o resultado final da abordagem.

            O problema, é que às vezes o corretor está tão necessitado de dinheiro, que ele permite que essa sensação seja transmitida ao cliente, prejudicando consideravelmente sua negociação.

            Portanto nunca deixe esse tipo de impressão ser passada, aquela que você esteja forçando o cliente a vender ou a comprar, nunca o deixe perceber sua ansiedade, pois dessa forma, a negociação será muito mais suave e natural.

            Além disso, existem outras dicas de como um corretor deve comportar-se diante de um fechamento de negócio que com certeza irão auxiliar-te:

  • Deixe o cliente falar, e preste atenção nas palavras dele.
  • Trate de observar os sinais de linguagem corporal.
  • Conduza a conversa ao fechamento, não insista caso ela mudar de direção.
  • Nunca permita que o cliente faça pressão em você, se fizer, ignore.
  • Bons compradores são controlados e calmos, fique atento a isso.
  • Para todos os defeitos que o cliente ressaltar, aponte uma qualidade que supere.
  • Mostre que você está ali para ajudá-lo, e não para ser ajudado.
  • O corretor não depende do cliente, é o cliente que depende do corretor.

Toda negociação têm um “xeque mate”, e quando chega esse instante o cliente se revela, por isso, a sua tranquilidade é fundamental, pois ela sustenta a conversação nos momentos de discordância.

Publicidade

Não fique nervoso, e se ficar, trate de demonstrar tranquilidade, assim o cliente irá perceber que você está sendo sincero com ele, e não terá medo no momento de assinar nada.

Outro conselho muito importante, é o silêncio.

A questão é simples… Não tem o que dizer? Faça silêncio…

Passou o preço e o cliente esbravejou? Faça silêncio…

Nunca fique tentando justificar suas ações ou o preço, pois todo mundo sabe que tudo possui um valor próprio, e quanto mais o corretor trate de justificar, mais complicada será a negociação.

Se você se dirige a uma loja, e vê uma televisão em exposição. O preço dela é de R$ 1.200,00 (Mil e duzentos reais), o que você faz? Vai lá e procura justificativas para saber o motivo pelo qual aquele produto possui aquele valor?

Claro que não!

O valor é imposto e compra quem quer, não é verdade?

Valor nunca é imposto, pois você, corretor de imóveis, tem que apresentar para o cliente o valor do imóvel e não o preço. A partir do momento que você conseguir mostrar o valor real do imóvel, o cliente terá a visão que o preço será irrisório.

Agora você consegue ter uma ideia de como um corretor deve comportar-se diante de um fechamento de negócio. Então chegou a hora de colocar tudo isso em prática!

 

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This