Evitar o assunto com medo de que um dia possa acontecer com você, a execução do contrato para tomar um imóvel pode ser feita a partir do momento que a financeira consegue provar a inadimplência e o risco de não receber o restante da dívida.

            O financiamento é um passo sonhado por muita gente, mas quando algum problema surge, aquela decisão, que parecia ser tão centrada, pode se transformar em um pesadelo.

            Eu sei que acaba sendo muito cômodo, contar com as vantagens e facilidades que os bancos e as outras instituições financeiras oferecem. Mas o que poucas pessoas de fato entendem, é que ele sempre tentará tirar vantagem de suas operações financeiras.

            É muito simples, o banco tem o dinheiro, oferece uma vantagem para que você o use como quiser. Porém, pagará uma porcentagem pequena de 10 ou 14%.

            O que para você é apenas alguns reais, ao fazer isso sobre uma grande quantidade de pessoas, a instituição consegue levantar uma quantia altíssima. (Isso sem contar com os casos de atrasos, como multas e moras diárias).

            Nas contas, além da manutenção, é muito comum encontrar algumas cobranças que surgem do nada, e provavelmente foi debitado aquele valorzinho, (aparentemente tão pequeno) da conta de milhares de pessoas ao mesmo momento. Isso faz com que em apenas uma simples transação, a instituição consiga levantar milhares de reais em apenas alguns segundos.

            Mas a questão é… E no caso do financiamento?

            Quais são os riscos? Quais são os problemas que eu posso enfrentar?

         E principalmente… O banco pode tomar meu imóvel financiado a partir de quantos meses de atraso?

            Para que não exista nenhum tipo de problema futuro, decidi deixar aqui um breve texto, com algumas informações relevantes, que podem mudar completamente o rumo de suas negociações.

            Portanto, fique de olho e leia essa matéria até o final.

O banco não é, nunca foi e nunca será seu amigo ou aliado

 

            É tão bom poder contar com um crédito extra, ser bem tratado nas mesas de atendimento e receber várias regalias. Porém, o que as pessoas precisam entender, é que a instituição financeira se aproveita da dificuldade das pessoas para crescer.

            Por mais que ele ofereça ajuda, sempre vai querer algo em troca, mesmo que seja preciso acabar com sua vida econômica, e tirar o seu bem mais precioso.

         No caso de um financiamento por exemplo, funciona da seguinte maneira…

            Por ser um valor muito alto a ser requerido, o banco oferece com muito prazer, porém em seu contrato, aqueles poucos reais de juros, à longo prazo, podem significar o valor total do empréstimo.

            Por exemplo, faça uma simples simulação… Caso você precise emprestar 300 mil para comprar uma propriedade, durante todos os anos de financiamento, irá pagar 578 mil. Ou seja,praticamente o dobro do valor da propriedade.

            Mas caso durante esses anos, acontecer um imprevisto, um acidente, a morte de um ente querido, ou por algum motivo, você ficar com problemas econômicos, a ponto de atrasar as mensalidades, a instituição irá requerer o imóvel inteiro, sem importar o que já foi pago outrora.

            Isso mesmo, o banco ignorará tudo o que você pagou, e tomará o imóvel de você.

            É aqui que está a injustiça, por meio de um contrato gigantesco, muitas pessoas perdem os imóveis que pagam a vários anos, perdendo todo o investimento que já realizaram, assim como também a propriedade em questão.

            Você não poderá argumentar ou dizer nada, afinal, o contrato provará que concordaste com aquilo, e nada poderá voltar atrás no processo de execução do mesmo.

Em quanto tempo o banco pode tomar meu imóvel?

            A partir do 3° mês de atraso, você já estará sendo processado. Pode ser que o processo seja mais lento ou mais rápido, dependendo de sua localidade, mas para voltar atrás, e reverter o termo, somente com ajuda profissional de um advogado.

            Ou seja, ainda que você conseguir o valor total das parcelas em atraso, e tentar fazer o pagamento, poderá não conseguindo reverter a situação.

            Por isso, é preciso estar atento, e tomar certos cuidados para evitar esse processo, para isso, veja essas dicas…

  • Guarde todos os comprovantes de pagamento em um lugar seguro
  • No inicio do financiamento, procure abatê-lo o máximo que puder
  • Faça os cálculos do valor total do financiamento, e veja se realmente vale a pena
  • Sempre deixe um valor guardado para casos de emergência. (Pelo menos 6 meses do valor da parcela)
  • Quando entrar um dinheiro maior, verifique a possibilidade de descontar
  • Não esconda o problema, caso sinta dificuldades peça ajuda de alguém
  • Pague os boletos referentes à parcela sempre adiantados, de preferência 3 meses

            Esses cuidados, serão de grande ajuda no momento de entrar em um financiamento, pois se todos os passos acima forem tomados, em caso de algum problema, você conseguirá pagar as parcelas por mais 6 meses, e terá 2 ou 3 meses adiantados.

            Pode não resolver o problema, mas poderá fazer toda a diferença em casos extremos.

Verifique novas possibilidades, mas sempre escute um profissional

            Nós da equipe Silvinho Ximenes, sempre lidamos com casos assim, infelizmente. Algumas pessoas ingênuas, por não saberem de fato os problemas e as consequências que uma instituição financeira pode provocar diante de um caso de inadimplência, acabam perdendo muito mais do que uma propriedade.

            Não existe sensação pior, do que ver todo o investimento de vários anos, jogado no lixo, quando o banco toma seu imóvel por causa de um problema pessoal, que muitas vezes não está nem mesmo no controle do comprador.

            Por isso, vale a pena investir em um patrimônio, porém, devemos criar estratégias para estarmos preparados diante de qualquer problema que eventualmente possa surgir, e fazer com que você venha a perde-lo.

            Caso você precise de ajuda, poderá contar com os profissionais da equipe Silvinho Ximenes, que conta com vários profissionais qualificados em técnicas de transações imobiliárias, assim como um sistema jurídico funcional, que pode auxiliar você a recorrer caso algum problema aconteça.

www.redesilvinhoximenes.com.br

 

Sobre o autor

Facundo Ferreyra

Deixar comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share This