Todos sabemos que é muito importante que o corretor invista em tecnologia, publicidade e qualificação técnica. Mas de nada adianta você caprichar nesses quesitos e falhar em um momento crucial para o negócio: o encontro com o cliente.

É aí que entra o marketing pessoal para corretores. Trata-se de um conjunto de estratégias para construir uma imagem positiva do profissional perante as pessoas com as quais ele se relaciona, passando uma ideia de autoconfiança e credibilidade.

Essa atitude é, muitas vezes, decisiva para o fechamento de novos negócios. “Vender” uma boa imagem é fundamental para conquistar o cliente e, portanto, você precisa prestar atenção na maneira como está se portando diante dele e se está agindo da maneira correta em sua abordagem.

É certo que quem não é visto não é lembrado, mas de nada adianta ser lembrado se não for de maneira positiva, não é mesmo? Continue a leitura para saber mais!

O que é o marketing pessoal para corretores

Marketing pessoal é um conjunto de atitudes a serem adotadas por profissionais que desejam se destacar. Consiste em fazer-se notado e, com liderança e proatividade, usar as ferramentas do marketing para seu benefício pessoal, reforçando suas qualidades de forma a chamar atenção para seu trabalho.

4 dicas para construir uma boa imagem

Adotar as atitudes certas impactará positivamente em sua carreiratrazendo benefícios para sua imagem e melhorando a maneira como os outros te enxergam. Por isso, listamos 4 dicas para ajudar na construção do seu marketing pessoal:

1. Cuide da sua aparência

“Dress code” são regras de vestimenta aceitas socialmente e adaptáveis de acordo com a situação em questão. Elas indicam um padrão de vestes a ser usado por determinado segmento e são aplicáveis no caso dos corretores de imóveis.

Por se tratar de um ambiente profissional, a indicação é de que você use roupas sociais, com um toque mais formal. É fundamental que as peças estejam em bom estado: sapatos bem cuidados, camisas passadas e nada de manchas ou furos.

Aposte em cores sóbrias, acessórios básicos e maquiagem mais leve. Ou seja: não chame atenção para você, mas sim para o produto ou serviço que está oferecendo. Para saias e vestidos, o ideal é que tenham até três dedos acima do joelho.

Sua maneira de se vestir sempre passa uma mensagem aos outros. Então, use de bom senso para avaliar o que pode (ou não) usar, tendo sempre em mente que estará em um ambiente de trabalho. Não se esqueça também de manter sempre em dia sua higiene pessoal, com barba aparada, mãos e cabelos limpos.

2. Adote uma postura profissional

Sua atitude e a maneira de conduzir as negociações serão determinantes para conquistar clientes e concretizar vendas. Nesse sentido, algumas posturas são fundamentais:

  • pontualidade;
  • compromisso com o trabalho;
  • disponibilidade;
  • cordialidade;
  • simpatia.

Como bom profissional, organize-se e planeje seus horários com antecedência. Priorize a pontualidade, pois atrasos costumam causar uma impressão muito negativa — seja perante colegas de trabalho, seja para os clientes. 

Além disso, procure estar sempre disponível para atender ao público e sanar as dúvidas que surgirem, por telefone ou pessoalmente. Nenhum cliente gosta de tentar contato com o seu corretor e não encontrá-lo.

Nas conversas, não é necessário que o clima seja formal demais, mas também não se deve exagerar nas brincadeiras e perguntas pessoais. Estabelecer um ambiente agradável é sempre mais propício para o sucesso do negócio. 

Publicidade

E, mesmo naqueles dias em que você não está muito bem ou tem alguns problemas pessoais, é importante ser bem-humorado, pois o cliente não precisa saber de suas questões. Portanto, haja sempre com cordialidade e gentileza.

3. Valorize a boa comunicação

A maneira como nos comunicamos diz muito sobre quem somos. Nossa capacidade de interagir e influenciar pessoas é um dos itens mais importantes do marketing pessoal, já que é por meio dela que vamos tocar as pessoas, criando empatia e estabelecendo uma relação positiva.

A comunicação interpessoal pode ser verbal (com palavras, linguagem e tom de voz) ou não-verbal — a partir de nossa linguagem corporal, nossos gestos e as posturas adotadas. Segundo estudo da UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles), a comunicação não-verbal é mais importante do que o tom de voz ou o próprio conteúdo da mensagem. 

Há uma regra da comunicação, aceita por especialistas e atribuída ao psicólogo Albert Mehrabian, que afirma que apenas 7% do que você transmite ao outro vem do conteúdo da mensagem. 38% vem do seu tom de voz e 55% do que transmite vem da sua linguagem corporal. 

Isso demonstra o quanto devemos estar atentos ao que transmitimos por meio de nossos gestos corporais. O equilíbrio costuma ser sempre a melhor opção.

Ainda assim, uma grande falha em um dos aspectos da comunicação pode prejudicar todo o processo. Portanto, não se descuide quanto à qualidade de sua comunicação falada e escrita. Use um português correto e adequado a cada situação.

4. Invista em networking

Tão importante quanto conquistar novos clientes é manter os antigos. E, para conseguir as duas coisas, é preciso investir na sua rede de relacionamentos — seu networking.

O networking nada mais é do que uma rede de pessoas com quem você pode interagir para os mais diversos fins, desde trocar conselhos e pedir sugestões ou referências até compartilhar contatos e ideias, seja no âmbito pessoal ou profissional.

Cultivar um bom networking é fundamental para o marketing pessoal do corretor de imóveis. Isso porque o profissional trabalha diretamente com pessoas e depende a todo o momento da troca de contatos, indicações e informações.

Um contato antigo, um amigo ou um cliente podem lhe trazer novos potenciais clientes. Portanto, tente manter contato sempre que possível, não apenas quando precisar de algo. Mandar e-mails em datas especiais como Natal e aniversário, por exemplo, faz com que quem os recebe se sinta especial. Mas aja de maneira natural: forçar a barra pode fazer você parecer chato e insistente. 

Adotando esse conjunto de dicas de marketing pessoal para corretores, o profissional conseguirá se destacar dos demais. Quem cuida de sua aparência sabe se comunicar e se portar de maneira profissional — e ainda cultiva uma boa rede de relacionamentos, transmite confiança e conquista o respeito dos que o cercam.

E então? Está convencido da importância do marketing pessoal e de como ele pode alavancar a carreira do corretor de imóveis? Se quiser ter acesso a mais dicas importantes sobre o mercado imobiliário, curta a nossa página no Facebook!

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share This