Provavelmente, você já se deparou com alguma placa com os dizeres “venda direto com o proprietário”. Essa prática é comum entre quem acredita que pode se beneficiar com uma negociação sem a intermediação de uma imobiliária. Mas será que, de fato, é vantajoso — e seguro — comprar imóveis sem a ajuda de um profissional? Descubra a resposta para essa pergunta ao longo deste post:

As particularidades no momento de comprar o imóvel

Não há dúvidas de que o desejo e de que as condições de pagamento do comprador são fatores decisivos em um negócio. E, uma vez que ele tenha encontrado um imóvel e entrado em acordo com o proprietário, os caminhos para que a negociação seja concretizada se estabelecem.

No entanto, é preciso convir que o mercado imobiliário está repleto de particularidades que precisam ser conhecidas antes do fechamento de uma transação. Por exemplo: podem existir ofertas similares ou até melhores, com condições de pagamento mais vantajosas — o que exige do comprador uma atenção especial com a busca no mercado.

Isso significa que o negócio direto com o proprietário pode, sim, ser vantajoso, desde que as demais possibilidades tenham sido consideradas e, obviamente, esgotadas.

A análise de documentos

Também é preciso considerar que nem sempre a documentação traduz a realidade do imóvel quanto à possibilidade de venda. Em outras palavras, é preciso realizar uma série de análises para verificar se não há nenhum impedimento para venda do imóvel. Sem esse “estudo”, o risco de um negócio dar errado e causar prejuízos é muito alto.

Por exemplo: não é raro que uma negociação direta fracasse porque o imóvel está gravado no cartório com algum impedimento relacionado a dívidas do proprietário ou a situações cíveis, como questões matrimoniais ou de herança. Em situações extremas, golpistas podem usar vários artifícios para ofertar imóveis que de fato não poderiam vender.

Por isso, é indispensável a análise cuidadosa de toda a documentação do imóvel.

As dívidas

Da mesma forma, pode ocorrer a venda de imóveis com dívidas condominiais, de IPTU e outras que possam significar prejuízo e dores de cabeça para o comprador, o que exige que sejam buscadas todas as certidões negativas de débito e também os comprovantes de quitação das obrigações do imóvel.

A pesquisa

Com a finalidade de evitar uma negociação com alguém que queira vender um imóvel que apresente algum tipo de irregularidade, é necessário pesquisar bastante. Nesse caso, é imprescindível observar tanto a condição do imóvel quanto a condição do vendedor.

Somente uma análise detalhada dará a certeza de que o imóvel e de que o proprietário estão liberados para a negociação. Certamente, para esse tipo de pesquisa, é preciso ter disposição e tempo para levantar todas as informações junto aos cartórios e aos órgãos públicos — mas ela não pode ser dispensada.

A compra de pessoa jurídica

Quando o proprietário do imóvel que está sendo negociado é uma pessoa jurídica, é fundamental elaborar uma pesquisa ainda mais extensa, que inclua a situação da empresa e de cada um dos sócios, uma vez que todos eles são partes envolvidas na transação. Afinal, qualquer irregularidade que exista com apenas um dos sócios pode inviabilizar a negociação.

A avaliação

As pessoas tendem a supervalorizar o que possuem, independente dos valores que são praticados no mercado para bens equivalentes. Essa situação é ainda mais frequente no mercado imobiliário, que tem os valores definidos por uma série de variáveis que nem sempre são observadas pelo proprietário do imóvel.

Publicidade

Sendo assim, antes de iniciar uma negociação direta com o proprietário, além das questões relacionadas à regularidade do imóvel que já foram mencionadas, também é preciso ter a certeza de que não existem ofertas melhores no mercado, considerando preço, qualidade e condições de pagamento.

A mesa de negociação

Comprar um imóvel é uma tarefa que exige uma boa percepção do mercado imobiliário e que requer a tranquilidade para apresentar propostas, ouvir negativas, analisar alternativas e, muitas vezes, insistir em uma intenção de compra sem que a ansiedade ou a emoção interfiram.

Portanto, é preciso manter o máximo de neutralidade possível diante do vendedor a fim de evitar que questões pessoais ou emocionais influenciem na negociação. Sem esses cuidados, uma decisão precipitada e movida por impulsos pode significar o pagamento de um valor mais alto ou até mesmo a perda de um excelente negócio.

O contrato de compra e venda

Quando um imóvel é vendido sem que haja a escrituração direta — o que é bastante comum —, é preciso elaborar um contrato que estabeleça os compromissos entre o comprador e o vendedor.

Como esse é o documento que dará segurança para as 2 partes envolvidas no negócio, é essencial que ele seja elaborado por uma pessoa competente, que compreenda as particularidades das transações imobiliárias e que tenha os conhecimentos jurídicos suficientes para elaborar um contrato seguro.

Os serviços de uma imobiliária

Vale lembrar que ainda há toda a conveniência das empresas especializadas. É preciso ter em mente que os profissionais de uma imobiliária são conhecedores do mercado no qual atuam, o que os torna capacitados para estabelecer valores realistas para os imóveis e para apresentar ao comprador as alternativas que se encontram com aquilo que ele procura para comprar.

Ao mesmo tempo, eles são especialistas em negociar imóveis proporcionando ao cliente uma compra segura, de maneira justa, o que conduz a transação para um ponto correto. Ainda, a corretor se encarrega de elaborar contratos e de dar andamento aos demais procedimentos necessários para que a transação ocorra, de maneira prática e com a maior agilidade possível.

Além disso, os imóveis que são ofertados pelas imobiliárias que trabalham com seriedade passam por uma análise consistente, que leva em consideração a documentação e os demais aspectos burocráticos.

Portanto, abrir mão da intermediação que é oferecida pela imobiliária e assumir a negociação diretamente com o proprietário do imóvel significa também assumir tarefas trabalhosas e riscos desnecessários.

Agora você conhece algumas vantagens e desvantagens de comprar imóveis direto com o proprietário. Então que tal aprofundar a sua pesquisa e saber ainda mais sobre o assunto? Basta entrar em contato conosco!

 

 

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Rede Silvinho Ximenes

Baseada no Know how do empresário mineiro Silvinho Ximenes, referência reconhecida no mercado imobiliário nacional dentro de seus 50 anos de profissão, a Rede Silvinho Ximenes® já é reconhecida como uma das mais admiradas redes de imóveis, formada por corretores autônomos, full service do Brasil.

Deixar comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share This